Música

É oficial: Festivais de verão todos proibidos até 30 de setembro

Tal como seria de esperar, o Governo decidiu cancelar a realizações de festivais de grandes dimensões até dia 30 de setembro.

Devido ao surto do Covid-19 que ainda se faz sentir pelo país, e que levou a que Portugal entrasse num estado de emergência ao longo de todo o mês de abril, o Governo decidiu não dar autorização para a realização de festivais de música até ao dia 30 de setembro, pelo facto de tais eventos juntarem milhares de pessoas, não sendo benéfico para a diminuição da programação do vírus.

Publicado Diário da República, o decreto-lei indica que ““Neste contexto, impõe-se a proibição de realização de festivais de música, até 30 de setembro de 2020, e a adoção de um regime de caráter excecional dirigido aos festivais de música que não se possam realizar no lugar, dia ou hora agendados, em virtude da pandemia”, acrescentando ainda que“Para o caso de espetáculos cuja data de realização tenha lugar entre o período de 28 de fevereiro de 2020 e 30 de setembro de 2020, e que não sejam realizados por facto imputável ao surto da pandemia da doença COVID-19, prevê-se a emissão de um vale de igual valor ao preço do bilhete de ingresso pago, garantindo-se os direitos dos consumidores”


  • Leia também:

Diogo Carmona reforça ficção da SIC

 

Artigos Relacionados