«Amália Sinfónico» estreia-se com dois concertos especiais

Este promete ser um grande espetáculo de homenagem à voz de Portugal acontece a 06 de outubro, no Coliseu dos Recreios, e a 10 de outubro, no Casino Estoril.


No ano em que se assinala o 25º aniversário do desaparecimento de Amália Rodrigues, o espetáculo Amália Sinfónico – As Grandes Canções da Rainha do Fado em Versão Sinfónica promete lembrar, sentir e renovar o espírito da fadista, atraindo novas gerações pela voz de cantores que interpretam as suas próprias versões do reportório eternizado pela diva do fado.

À cabeça de um elenco luxuoso, com mais de 40 músicos, estará a Orquestra Clássica de Lisboa sob direção do maestro Rui Pinheiro, a quem se juntarão vários artistas nacionais, a anunciar brevemente. Com este espetáculo original, do qual fazem parte temas como Cheira a Lisboa, Ay Mourir Pour Toi, Foi Deus e ainda Gaivota, “Povo que Lavas no Rio ou Uma Casa Portuguesa, entre muito outros do conhecimento de todos, pretende-se reforçar a riqueza e diversidade artística da obra da Diva do Fado que levou aos quatro cantos do mundo a identidade de um povo.

Amália é uma das mais multifacetadas personalidades da cultura portuguesa. Enquanto mulher e intérprete de uma música característica de um país periférico, conquistou Portugal e o mundo. Levou a sua voz e a língua portuguesa a mais de 70 países. Cantora, intérprete, atriz, poeta, ou simplesmente mulher criou um estilo próprio, deu asas ao fado, popularizou a grande poesia e tornou-se um dos rostos da alma do seu país.

Considerada uma figura nacional e internacional de referência da música portuguesa, Amália Rodrigues morreu aos 79 anos, a 6 de outubro de 1999. Passados 25 anos, continua a ser lembrada. Desta vez, a homenagem à voz de Portugal será feita no Coliseu dos Recreios e Casino Estoril, a 6 e 10 de outubro, respetivamente. Dois concertos únicos, a não perder!


André Kanas

http://www.facebook.com/andrekanas

Diretor, Redator e Gestor de conteúdos das redes sociais do QC | Responsável pelas coberturas musicais e televisivas do QC | Integrou o QC em 2013, dado o seu gosto pelo mundo televisivo e não só, sendo que já navega e escreve no universo de blogues e sites de entretenimento desde 2007.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *