Geral Televisão

Vacina Covid-19 | Testemunho de quem já foi vacinado!

A vacina contra o coronavírus chegou no final do ano passado e desde aí que, para muitos, aquela que era a nossa última esperança para combater a pandemia se tornou num enorme pesadelo. Com tantas notícias a saírem sobre os seus efeitos, o facto de ter sido elaborada em tempo recorde, com uma tecnologia nunca antes testada, espalhou o medo entre nós.

Por aqui as duas doses da vacina da Pfizer-BioNTech já foram levadas e este é o testemunho de quem tinha receio do desconhecido.

 

A 1ª Dose…

Atualmente no Reino Unido, e sendo um trabalhador da linha da frente, foi-me dada a possibilidade de levar a primeira dose da vacina no dia 14 de dezembro, escassos dias após duas pessoas terem sofrido reações alérgicas graves. Se o medo já era algum, só ficou pior. Ainda assim, no dia 14, lá levei a primeira dose da vacina da Pfizer-BioNTech. Depois de um formulário preenchido e uma breve abordagem ao médico sobre alergias a medicamentos, lá levei a pica!

Após a administração da vacina passei à sala de recobro onde fiquei por 20 minutos. Durante esse tempo foi-nos pedido pelos médicos e enfermeiros para reportar todos os sintomas que tivéssemos, uma vez que nem eles sabiam ao certo o que esperar. Foi ai que me senti num laboratório repleto de cientistas a testar as suas criações em ratos, com o único senão de o rato ser eu. Foram provavelmente os 20 minutos mais inquietantes de sempre, em que até tive de decifrar se os arrepios que sentia eram efeitos da vacina ou do facto de estar frio. Mas no fim de tudo, apenas senti uma ligeira dor no braço no local da vacina. Já nos meus colegas, no dia e nos dias seguintes, houve sintomas diferentes desde fortes dores de cabeça, cansaço, braço dormente, diarreia a vómitos.

A 2ª Dose…

Vinte e um dias depois da primeira dose da vacina, voltei ao mesmo local para a segunda. Ainda mais assustado do que na primeira vez, já que em várias pesquisas online li que os sintomas tendem a ser piores, e ainda menos tranquilo pela presença de um desfibrilhador, lá fui picado outra vez. No próprio dia não senti nada de novo, apesar da dor localizada ser ainda maior do que da primeira vez, chegando mesmo a ser desconfortável o roçar da roupa na pele.

No dia seguinte foi o cansaço que se manifestou, a par de uma dor enorme ao mexer o braço, que estava um pouco inchado no local da injeção. Pensava que era o início de algo ainda pior, mas os sintomas ficaram por aí. Ao terceiro dia apenas o desconforto normal de quem leva uma vacina e nada mais. Nos meus colegas os sintomas foram semelhantes, havendo quem reportasse ainda dores de cabeça e tonturas.

Este testemunho serve apenas para dar a conhecer a minha experiencia relativamente à toma da vacina da Pfizer-BioNTech Covid-19. Nele expus os sintomas manifestados em mais de cinquenta pessoas vacinadas. A vacina é gratuita e facultativa. Informe-se, forme a sua opinião e decida. A decisão de ser vacinado é sua, mas dela depende o futuro de todos nós!

Outras Notícias