Geral

Manuela Moura Guedes transporta «Jornal de Sexta» para a Internet

A polémica há muito que está lançada depois de ter sido afastada da TVI e de ver o seu espaço noticioso, o Jornal de Sexta, expulso da grelha do canal. Tudo isto aconteceu depois de o primeiro-ministro na altura, José Sócrates, ter feito duras críticas numa entrevista à RTP sobre o bloco informativo apresentado pela mulher de José Eduardo Moniz. Muito se falou e especulou sobre o caso, no entanto, agora são poucos os que falam ou se recordam do que aconteceu.

Para dar a volta por cima, Manuela Moura Guedes decidiu pegar no formato que a fez despedir do ecrã e torná-lo viável, mas agora através da Internet. Segundo a TV Guia desta semana, são muitas as pessoas que pedem o seu regresso e a profissional parecer ter força e convicção para tornar real esse pedido.

A ideia é recuperar o espírito com que fazíamos o Jornal de Sexta. As pessoas têm saudades daquele jornalismo independente e frontal, que incomodava o poder. A principal obrigação do jornalista é responder ao interesse das pessoas.

A sua ideia passa então por transportar o Jornal de Sexta para a plataforma on-line, no entanto, e para ter acesso ao portal terá de pagar um montante que andará à volta dos 2 € por mês. Para a profissional a recetividade do público é surpreendente e, por esse, motivo «a ideia é mesmo para avançar». Será este projeto um possível regresso de Moura Guedes ao jornalismo de intervenção?

DEIXE O SEU GOSTO E PARTILHE:
fb-share-icon6773
Tweet 494

Artigos Relacionados