Geral

Expresso foi o semanário mais vendido de 2019

O ano de 2019 foi histórico para o Grupo Impresa, com o semanário Expresso a manter a sua posição de jornal mais vendido em Portugal.

Com uma média de mais de 84 mil exemplares vendidos em papel e digital, segundo os dados revelados pela APCT referentes a 2019, o Expresso confirma assim a posição cimeira entre todos os títulos de informação geral (diários ou semanários, jornais ou revistas), alcançada no início de 2017, cumprindo três anos de liderança consecutiva. O destaque do Expresso vai também para o digital, onde é a publicação portuguesa líder na circulação digital paga, tendo conseguido aumentar o número de exemplares vendidos: mais 27 mil exemplares, uma subida de 10% face a 2018.


Leia também: Conheça a primeira convidada de «24 Horas de Vida»

No online, destaca-se o crescimento da marca: de acordo com os últimos dados, já de 2020, do relatório de netAudience da Marktest, são já mais de 2,2 milhões de Visitantes Únicos que mensalmente visitam os sites da marca (2.279.726 Visitantes Únicos em janeiro de 2020). Este resultado mostra um enorme crescimento face aos valores conseguidos em 2018, que rondavam os 1,6 milhões de Visitantes Únicos mensais. De salientar ainda o facto desta melhoria da marca EXPRESSO ter sido transversal a todas as plataformas analisadas no estudo: PC, Phone e Tablet.

DEIXE O SEU GOSTO E PARTILHE:

Artigos Relacionados