Geral

Está a chegar a terceira edição da «Oktober Festa»

Já há data para a terceira edição da Oktober Festa, a versão lisboeta da famosa festa e feira de cerveja alemã. Dia 19 de outubro a tarde e noite de Marvila voltam a ser ocupadas com concertos, petiscos e um recheado cardápio de cervejas.

Três anos depois da sua criação, o Lisbon Beer Department, centro nevrálgico da cerveja em Lisboa, vai crescer. À Dois Corvos, Lince e Musa, junta-se a Bolina, cervejeira que se mudará, em breve, para a renovada zona da cidade. Nesta Oktober Festa, as quatro cervejeiras organizadoras serão ainda acompanhadas, com espaços de venda própria, pela 8a Colina, Colossus e Marafada. À semelhança do que tem acontecido nas últimas edições, o Lisbon Beer Departmente criou para a data uma Marzen, a cerveja típica das Oktoberfest.

Entre as 13 horas e a 03h da madrugada, os eixos Rua do Açúcar, Capitão Leitão, Afonso Annes Penedo e Vale Formoso serão espaço de encontro com as várias identidades que marcam o ritmo da capital portuguesa. Rodas de samba e rodadas de cerveja, pretzels e currywurst, tacos e feijoada à brasileira serão alguns dos atrativos desta versão Oktober Fiesta do Oktoberfest, onde a comida e música são latino-americanas, mas as cervejas são portuguesas. Pelos diferentes espaços da festa vai ser assim possível dançar ao ritmo dos Samba Sem Fronteiras, colectivo encabeçado pelo cantor e compositor Luca Argel que visita as raízes da música-dança brasileira, mergulhar nas fusões fado, funk e hip hop de O Gringo Sou Eu ou visitar as referências maiores da cumbia com os San La Muerte Cumbia Club.


Leia também: Última temporada de «The Affair» estreia esta semana no TVSéries

A completar a lista de concertos, a cantautora austríaca Verena Bachinger (a.k.a Cafe Ena), a pop confessional de Meio-Irmão e as incursões de Loosense pelos universos do world jazz. E se o desafio aqui é contrariar o Outono com os energias da América Latina, os palcos vão ter espaço também para as mesas de mistura, com actuações da dupla luso-brasileira CARA//VAG//YO, do embaixador do perreo La Flama Blanca e a folia afro-tropical dos Guerrilha Sound System. A garantir o ecletismo da escolha musical há ainda o rock/punk/metal/electro das Noise Dolls Club e o world beat de Dj Abel Santos.

DEIXE O SEU GOSTO E PARTILHE:

Artigos Relacionados