Geral

Agência Lusa com prejuízo em 2013

LUSA

No Orçamento de Estado para 2013 estavam contempladas, para além de muitas outras medidas duras de austeridade, o fim da Indemnização Compensatória para a Agência Lusa devido ao serviço público, um valor que ascende os 11 milhões de euros que colocou a Agência de Notícias numa situação de risco de despedimento coletivo. O financiamento público também desceu de forma abrupta comprometendo as metas financeiras desta instituição.

Segundo o Diário de Notícias, que cita um comunicado do presidente do Conselho de Administração da Agência Lusa, Afonso Camões, à Comissão de Trabalhadores a situação deste ano é preocupante e o órgão vai mesmo terminar 2013 com prejuízos. Em causa está a “inércia da acumulação de efeitos dos cortes de 31% no financiamento público (de 15,6 milhões de euros para 10,7)”, ao “fator de correção que faz com que o Estado se escuse a pagar 8% da Indemnização Compensatória devido ao serviço público (11,6 milhões de euros)” ao que acresce ainda os “dois subsídios a um orçamento que não os prevê”. Nos últimos sete anos os lucros têm-se feito sentir sendo que este ano, a consequência dos cortes do Governo estão já a fazer-se sentir e a preocupar os trabalhadores.

No mesmo comunicado pode ler-se que estão garantidos os pagamentos do 14º mês, que irá acontecer no mês de novembro. Afonso Camões acabou por referir que “2013 vai ser muito difícil”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não vai ser publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.