tricia helfer

Outro nome nome sonante do cartaz de Cinema & TV deste ano da Comic Con Portugal é Tricia Helfer, que tem no seu currículo vários papéis em filmes e séries, mas é igualmente reconhecida por dar voz a personagens em várias produções.

Conhecida por ter interpretado Number Six em Battlestar Galactica, Charlotte em Lucifer e por ter dado voz a Sarah Kerrigan na saga StrarCraft, Tricia Helfer aproveitou o painel e a conferência de imprensa para abordar o seu vasto currículo.

No painel com os fãs, Tricia foi questionada sobre vários dos seus projetos e de forma amável respondeu a todas as curiosidades dos fãs. Com principal destaque para a sua prestação em Lucifer, uma vez que foi a mais recente produção televisiva onde teve um papel preponderante, Tricia confessou ter adorado fazer parte daquele mundo. Apesar de ter gravado principalmente com Tom Ellis (Lucifer), D. B. Woodside (Amenadiel) Kevin Alejandro (Espinoza), conseguiu ter cenas com quase todo o elenco e foi um dos projetos que mais a marcou. Na altura que Lucifer foi cancelada a sua personagem já não fazia parte da história, pelo que a situação em si não a afetou a nível de trabalho. Mas ficou incrédula com o apoio incondicional que os fãs deram à série e o poder que tiveram na “renovação” da série. Recorde-se que após ter sido cancelada pela FOX, Lucifer foi resgatada pela Netflix e já está em fase de produção a quinta e última temporada. Tricia confessou também que foi um gozo ter trabalhado com Tom Ellis, que descreveu como uma pessoa muito carismática. Ainda sobre esta série, Tricia contou que que a cena mais difícil de filmar foi a morte da sua personagem. Não só pelo desfecho que teve mas também porque as condições climáticas não ajudaram (essa cena demorou um mês a ser filmada).


Leia também: Comic Con Portugal 2019: Todd Stashwick

Em relação a Battlestar Galactica, Tricia confessou que adorou o papel, tendo sido o primeiro com grande destaque na sua carreira. Uma das dificuldades que mais sentiu nesta série foi quando os criadores decidiram apresentar as várias cópias da sua personagem. Caraterizando-se como perfecionista, Tricia acabou por seguir de perto todas as gravações e edições que faziam das suas cópias. A atriz tem atualmente um podcast onde analisa, juntamente com Marc Bernardin, episódio a episódio desta série. Destacando a qualidade dos efeitos visuais em relação à época em que a série estreou, Tricia confessou que a série se adapta muito melhor aos tempos atuais.

Entre as várias histórias que Tricia contou, destacamos a sua participação como Black Cat em The Spectacular Spider-Man. Sem ter noção de como era a série animada, Tricia acabou por dar uma voz mais sexy à sua personagem. O problema é que esta série era destinado a um público infantil, o que gerou uma onda de risadas.

 

Artigos Relacionados