«O Ídolo»: Primeiro filme de Fernando Pessoa estreia em maio

Quantas facetas conhecemos de Fernando Pessoa? Foi poeta, filósofo, dramaturgo, publicitário, astrólogo, crítico literário, mas o que muita gente não sabe é que ele foi também argumentista.

Com base no argumento Note for a thriller, or film, escrito há quase cem anos, a Samsung desafiou o realizador Pedro Varela a dar vida a esta obra pessoana, através do sistema de câmaras do Galaxy S21 Ultra 5G. Assim nasceu O Ídolo, uma história onde intriga, mistério e suspense se cruzam com a disputa por um objeto precioso a bordo de um navio transatlântico. A estreia está agendada para o próximo dia 12 de maio.

Lançado em 2011, o livro Fernando Pessoa – Argumentos para Filmes mostrou-nos uma nova faceta da vida e obra de Fernando Pessoa, o seu interesse pelo Cinema e pela sua dimensão artística na perspetiva do autor. Um livro que nos dá a conhecer seis argumentos originais, que refletem, na sua maioria, temas que todos reconhecemos do mundo pessoano, como as múltiplas identidades do ser e a curiosidade pela natureza humana.

Para a produção do filme O Ídolo, foi recriada a Ecce Film, a produtora pensada por Fernando Pessoa com um logotipo desenhado pelo próprio, que seria responsável pela produção dos seus argumentos. O desejo de Fernando Pessoa de criar a Ecce Film foi agora cumprido. O Ídolo é escrito e realizado por Pedro Varela, com produção da Blanche Filmes.


André Kanas

http://www.facebook.com/andrekanas

Diretor, Redator e Gestor de conteúdos das redes sociais do QC | Responsável pelas coberturas musicais e televisivas do QC | Integrou o QC em 2013, dado o seu gosto pelo mundo televisivo e não só, sendo que já navega e escreve no universo de blogues e sites de entretenimento desde 2007.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *