Cinema

«Comic Con Portugal 2017»: Painel do filme «Bad Investigate»

[youtube id=”j49GKWXzRTU” width=”620″ height=”360″]

Havendo também espaço para a comédia, o segundo dia da Comic Con Portugal 2017 contou com um painel dedicado ao filme nacional Bad Investigate.

Com estreia marcada para o início do próximo ano, o público presente na Comic Con Portugal 2017 neste segundo dia teve a oportunidade de conhecer melhor o filme português Bad Investigate, uma comédia realizada e escrita por Luís Ismael, responsável pelo sucesso de bilheteira Balas & Bolinhos. Para a sua apresentação, o realizador contou com a presença no painel de alguns dos atores do filme, tais como Francisco Menezes e Eric da Silva, entre outros.

            Leia também: «Comic Con Portugal 2017»: Painel do filme «A Floresta das Almas Perdidas»

Bad Investigate é uma comédia policial, que conta com algumas referências a Guy Ritchie, com um sentido de humor muito particular, com uma escrita muito própria, onde os protagonista vivem entre o limiar da legalidade e ilegalidade. Apesar do orçamento bastante reduzido, toda a equipa ficou bastante satisfeita com o resultado final, após 42 dias de filmagens entre janeiro e fevereiro deste ano. Mesmo sendo uma comédia, Luís Ismael afirmou que ninguém faltou com as suas responsabilidades nem com aquilo que estava a ser feito devido ao trabalho duro que era apresentado.

Sobre as expectativas para este filme, o realizador disse que espera pelo menos o mesmo sucesso conquistado com o Balas & Bolinhas, que levou mais de 256 mil pessoas ao cinema. Por isso mesmo espera não defraudar as expectativas de quem for ver o Bad Investigate, afirmando que quem o for ver, que de certeza vai sair da sala sabendo que tiveram uma experiência divertida.

          Leia também: «Comic Con Portugal 2017»: Painel de Katherine MacNamara

Tentando seguir os passos do Balas & Bolinhas, que foi vendido para um total de 25 países, Luís Ismael fez questão de referir várias vezes que este novo projeto cinematográfico foi gravado em três línguas (português, espanhol e inglês), a pensar essencialmente na sua internacionalização, visto ser a única forma de um filme sobreviver, e assim dar a possibilidade de se criarem recursos para se continuarem a fazer outros filmes no futuro. A estreia acontece a 18 de janeiro.


 

DEIXE O SEU GOSTO E PARTILHE:

Artigos Relacionados