Mais um domingo, mais uma edição do Em Foco é lançada. Neste dia destaco o final de um capítulo nas tardes da TVI, o início de um novo enredo na ficção na SIC, uma saída inesperada de uma cara bem conhecida dos portugueses de um canal para outro, uma alteração na gestão da programação da estação de Carnaxide, a aposta da RTP na ficção e a atitude de Luciana Abreu em A Tua Cara Não Me É Estranha. Curioso?

Seja bem-vindo ao Em Foco do dia 13 de maio!

[divide]

Uma das notícias da semana esteve relacionada com a decisão de colocar um ponto final na série da estação de Queluz de Baixo, Morangos com Açúcar. De acordo com o Correio da Manhã, esta produção poderá dar lugar a uma sitcom direcionada para os mais jovens, e passar a ser transmitida num canal no cabo. Ainda sem grandes certezas, a verdade é que depois do final inesperado de Dá Cá Mais 5, mais uma mudança irá ocorrer nas tardes do canal de Queluz de Baixo. Se não é pedir muito, porque não imaginar umas mudanças no A Tarde É Sua? Afinal, após a saída de Júlia Pinheiro para a SIC, o talk-show sempre esteve assemelado ao extinto As Tardes da Júlia.  Venha um novo estúdio, mais entrevistados que todos conhecem, mais animação, mais música em direto, menos dramas pessoais. Caso se verificasse tal alteração, sem dúvida alguma que quem iria ganhar seriam os… telespetadores!

Por outro lado, é também importante salientar o anúncio da estreia de Fina Estampa (21 de maio). A novela da Globo vai então integrar a grelha de programação do terceiro canal, e substituir outra história que já se aproxima do final.  Dúvido que nos primeiros capítulos esta produção alcançe resultados muito positivos, contudo, e tal como em casos anteriores, pode começar a chamar a atenção dos telespetadores nos episódios centrais da trama.

A saída de Paulo Futre da TVI para a RTP surpreendeu tudo e todos. Depois de oferecer emprego aos portugueses no canal de notícias da Media Capital, o ex-futebolista aceitou um convite na ordem dos 30 mil euros para dar a cara pelo Euro 2012 na estação do Estado. Será lá que o ainda profissional de Queluz de Baixo vai comentar o campeonato europeu de futebol, função que acumulará com as já conhecidas crónicas para a revista TV Guia e a presença em conferências que ascendam os mil e quinhentos euros. Pergunto eu, não será este homem uma autêntica máquina de fazer dinheiro? Sem dúvida! Só não entendo o porquê de continuar a ter tantos seguidores.

Por outro lado, afinal ainda há dinheiro na RTP para fazerem propostas deste género? Desconhecia tal realidade.

Para além das confirmações das presenças nos Globos de Ouro (Lília Cabral, Aguinaldo Silva, Carminho e Pablo Albóran), ficou-se a saber que o futuro de Salve-se Quem Puder não é assim tão certo como se previa. Devido aos elevados custos do programa, parece que existem outros planos para a grelha de programação do terceiro canal durante o verão. Segundo adiantou a Notícias TV desta semana, por exemplo, cada parede de esferovite apresentava um preço superior a 200 euros.

Será que as estreias nos meses mais quentes vai agitar os telespetadores, ou vão apenas centrar-se nos já tão conhecidos apanhados da estação de Carnaxide.

As respostas para a ausência de Luciana Abreu na última gala de A Tua Cara Não É Estranha foram dadas pelas mais variadas publicações. Ficámos então a saber que a atriz e cantora fez de tudo para não faltar ao concurso da TVI, e que não gosta de perder no mesmo. O lado mais ambicioso da eterna Floribella a evidenciar-se, algo já aconteceu na terceira temporada de Dança Comigo. Lembra-se?

Por fim, não esquecer ainda a aposta do primeiro canal num remake de uma série que, nos anos 90, fez sucesso em Portugal. A Mulher do Sr. Ministro vai então dar lugar a A Mãe do Sr. Ministro, e pode contar com a participação de Vítor de Sousa. A aposta da RTP na ficção é cada vez mais uma realidade, acabando as audiências por fortificar esta estratégia.

Para quando a novela low-cost a estrear no horário que sucede o Jornal da Tarde?

Até para a semana!

Artigos Relacionados