RTP Televisão

Serenella Andrade: «As pessoas pensam que só trabalhamos dez minutos»

Tem sido um rosto presente no day time da estação pública mas gostava de ter um programa seu no qual pudesse conciliar uma conversa em estúdio com reportagens no exterior. Um talk show? Talvez, mas com Serenella Andrade na condução do mesmo.

A apresentadora da estação pública que já percorreu milhares de quilómetros continua a amar a sua profissão, apesar de muitas vezes sentir que os telespetadores não têm noção do esforço que os repórteres fazem para estarem breves minutos no ar.  «As pessoas não têm noção. Pensam que trabalhamos dez minutos. Não. Trabalhamos de manhã à noite, percorremos vários quilómetros e além dos diretos temos também as reportagens que muitas vezes para gravar cinco minutos temos de lá estar cinco ou seis horas. E as pessoas não se apercebem», disse à Notícias TV desta semana.

Apesar de já se ter sentido desmotivada com este tipo de visão, a irmã de Hugo Andrade, diretor de programas da RTP1, sonha com um novo projeto televisivo ao fim de semana: «[Gostava de apresentar um programa] no day time, nem precisa de ser no prime time. Gostaria de ter um programa onde pudesse estar dentro de estúdio e em reportagem. Algo descontraído, podia ser ao fim de semana, durante uma hora. Gostava e vou lutar por isso porque temos tantos canais que se calhar também não é assim tão difícil.»

Sobre o percurso do seu irmão no primeiro canal, Serenella Andrade elogia a sua aposta na ficção portuguesa assim como tornar muitas vezes o impossível numa possibilidade. Sabendo que a falta de dinheiro afeta os canais de televisão, Hugo Andrade tem conseguido gerir o orçamento da melhor forma. «Isto é como tudo, quando há muito dinheiro tudo é mais fácil. Quando não há muitos ovos é mais complicado, é preciso fazer opções. Mas acho que ele tem conseguido gerir aquilo que te da melhor forma possível, criando alternativas», concluiu.

DEIXE O SEU GOSTO E PARTILHE:

Artigos Relacionados