RTP Televisão

Polémica: Governo demite administração da RTP

Devido à polémica em torno da aquisição dos direitos da Liga dos Campeões por parte da RTP, o Governo decidiu demitir toda a administração da estação pública.

Devido à aquisição “surpresa” dos direitos televisivos da Liga dos Campeões para as próximas três temporadas, a RTP viu toda a sua administração ser demitida por parte do Governo. A decisão foi revelada nesta quarta-feira, através de um comunicado lançado pelo gabinete do ministro-adjunto, Miguel Poiares Maduro.

A proposta foi apresentada pelo Conselho Geral Independente que, ao não ter sido previamente informado sobre a decisão de compra, considera ter existido uma violação do princípio da lealdade institucional. No referido comunicado, pode ler-se que o Governo fez saber que enquanto titular da posição acionista do Estado, iria atuar em conformidade com a proposta do Conselho. Assim sendo, com esta decisão Alberto da Ponte e a sua restante equipa deixam de imediato de fazer parte da administração da RTP.

A administração recusa-se a comentar o caso, mas fonte da Comissão de Trabalhadores da RTP, em declarações ao jornal Público, afirmou que a destituição não foi uma surpresa na redação, e que peca por tardia, pois o presidente e restantes elementos pretendiam acabar de desmantelar o serviço público de rádio e televisão.

Artigos Relacionados

Siga o Quinto Canal nas redes sociais: