RTP Televisão

Futuro das manhãs da RTP1: Tânia Ribas de Oliveira considerada «a opção»

O futuro do day time da RTP1 está a ser preparado com bastante cuidado. Depois do término de programas tão emblemáticos como a Praça da Alegria ou Portugal no Coração, a estação pública quer agora lançar novas apostas que justifiquem claramente o investimento e o trabalho que terá de ser realizado. Como tal, e para além de já se saber que Herman José será a futura estrela das tardes do canal, as figuras das manhãs não estão definidas. Ainda assim, Tânia Ribas de Oliveira é considerada a melhor opção para Hugo de Andrade, diretor de programas da RTP1. «Entendo que num programa de três horas às vezes seja necessário ajuda, mas não sou grande fã de duplas portanto, nunca parto desse princípio que vamos fazer um programa com duplas» disse à Notícias TV desta semana.

Tânia Ribas de Oliveira confessou-se tranquila com as decisões superiores, estando disponível para qualquer proposta: «Ainda estou à espera de confirmação por parte da direção de Programas sobre o que farei em setembro, mas o que vier receberei de braços abertos. Estou pronta para tudo.» A apresentadora aproveitou ainda para salientar que não pretende criar uma dupla que substitua o trabalho que realizou durante anos ao lado de João Baião. «Ninguém anda à procura de uma dupla igual. Foi uma solução ótima por parte da RTP ter-me deixado sozinha, alheia a comparações, porque qualquer pessoa que viesse seria comparada e isso não seria bom. Por isso, esta foi a melhor solução e acho que correu muito bem. A direção de Programas também. Estamos satisfeitos com este formato, mas não sei como será em setembro», concluiu.

A estratégia do day time passa então por estar mais próximo das pessoas, indo contra o trabalho de realizar e produzir «festas de músicas». O resultado deste planeamento estará visível provavelmente na segunda semana de setembro, ou seja, a dia 8, segunda feira.

Artigos Relacionados

Siga o Quinto Canal nas redes sociais: