Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017
Quinto Canal

Figurantes de televisão sem receber

Os figurantes que animam diversos programas televisivos estão indignados por não serem pagos pelos trabalhos que fazem. Segundo avança um dos colaboradores da empresa Tripé Visual, agência de figuração, «Fazemos os trabalhos de figuração para as televisões, mas não somos pagos», diz acrescentando que «por vezes são incorrectos connosco. Os figurantes são vistos como ‘mulas de carga’. E até com as refeições não há cuidado. Comem todos primeiro, os figurantes são os últimos».

Pedro Azevedo, responsável pela Tripé Visual, justifica a situação dizendo que «infelizmente, há clientes que demoram a fazer os pagamentos e isso atrasa a contabilidade. Mas nunca ficámos a dever dinheiro a ninguém. Sempre pagámos a toda a gente, demoramos é um pouco mais. Em vez de três, quatro meses, às vezes demoramos cinco ou seis»

Ainda assim alguns dos figurantes avançaram ao Correio da Manhã que «sabemos que já receberam dos clientes (TV), mas não nos pagam. É pura má vontade». O jornal avança ainda que só agora estão a ser pagos trabalhos de 2010.

PARTILHAR

SOBRE O AUTOR

Licenciado em Educação Social pela Escola Superior de Educação e Ciências Sociais de Leiria, desde cedo apostou na internet e na divulgação de tudo o que passava no pequeno e grande ecrã. Depois de três anos à frente do Por Outro Olhar surgiu a hipótese de melhorar a oferta aos leitores a nível de conteúdos e com isto surgiu o Quinto Canal, onde se encontra atualmente.

  • Emília Soares

    Que horror! Isto é só mesmo podridão moral! Há uns 15 anos fiz muita figuração. Lembro-me dos primeiros trabalhos da Catarina Furtado, do O juíz Decide, e muitos mais, até do Paulo Crespo que fez um filme onde participei em que quem encomendou tal firma se recusou a pagar ao Paulo Crespo. Foi o que ele me disse, para justificar “o não me pegar os 10 mil escudos”. Já passou tanto tempo… a questão ainda não foi resolvida? Nunca fui contactada para ser paga! Também uma Olívia me ficou a dever 2.500 escudos e… até hoje! Fiz um anúncio do café Nicola com a querida PATRÍCIA VASCONCELOS, uma verdadeira senhora, que isto do “ser ou não ser”… ainda se sente. Esta senhora pagou-me de imediato. Também não admira, sendo filha de que é, Prof. Pedro Vasconcelos, um senhor! Mas hoje em dia “o que está a dar…” é justamente a vigarice, a mentira, a corrupção! E O EXEMPLO VEM DE CIMA!

  • Pingback: Quer ser figurante de televisão? Nem tudo são flores! - Poupa e Ganha()

  • Alex Simões

    Venho reforçar a aquilo que é dito sobre a tripé
    pois tenho um amigo que há varios meses não faz trabalhos na Tripé VISUAL
    e no que diz respeito ao pagamento esta agência tem dia para agendamento de pagamento
    que passo a dizer é segunda-feira.
    Este meu amigo já ligou varias vezes e o que lhe dizem é que tem a receber é,espantem-se,40 euros de meses em atraso……..Eu acho isto vergonhoso e já tenho dito ao meu amigo para ir á TRIPÉ e pedir que lhe paguem todo o que devem e não trabalhe mais para eles.
    mas isto é só uma sugestão.

  • Persona Non Grata

    Actualização (Janeiro de 2013):

    Afinal parece que o crime deixou de compensar, pois quando parecia que tinha entrado na moda de abrir agências de figuração, receber das produtoras, não pagar as pessoas (Figurantes), tratar toda a mão de obra como algo descartável, estar uns tempos a trabalhar até sacar umas massas, meter o máximo de dinheiro ao bolso e depois simular uma falência (sim, porque as personalidades continuavam a andar por ai…) deixou de compensar.

    O senhor Pedro Azevedo da ”’Tripé Visual”’ lixou-se. Depois de ter sido amplamente divulgado que ele não estava a pagar às pessoas e de tal facto ter chegado ao conhecimento das produtoras ele ficou sem trabalho! Agora ninguém lhe adjudica trabalhos a ele nem a agência dele.

  • Figurante Tripe

    Actualização (Janeiro de 2013):
    Afinal parece que o crime deixou de compensar, pois quando parecia que tinha entrado na moda de abrir agências de figuração, receber das produtoras, não pagar as pessoas (Figurantes), tratar toda a mão de obra como algo descartável, estar uns tempos a trabalhar até sacar umas massas, meter o máximo de dinheiro ao bolso e depois simular uma falência (sim, porque as personalidades continuavam a andar por ai…) deixou de compensar.
    O senhor Pedro Azevedo da ”’Tripé Visual”’ lixou-se. Depois de ter sido amplamente divulgado que ele não estava a pagar às pessoas e de tal facto ter chegado ao conhecimento das produtoras ele ficou sem trabalho! Agora ninguém lhe adjudica trabalhos a ele nem a agência dele.

  • Figurante Tripe

    Viva,

    Eu quero só dar mais uma achega aos comentários anteriores:

    O Sr. Pedro Azevedo, responsável pela Tripé Visual, diz que não pode pagar aos figurantes porque “infelizmente” as produtoras também não lhe pagam a ele. Mas se é assim (vamos fazer de conta que é verdade), ainda ficam por explicar as seguintes questões, como segue:

    1- Será que é mesmo verdade que as produtoras demoram 2 (dois) anos a pagar ao Senhor Pedro, como é o caso de muitas das dívidas que ele tem com algumas das pessoas? (Não acredito, pois estão agora a aparecer no mercado novas agências de figuração que pagam na hora, e não me parece que estas novas agências, além do investimento inicial que qualquer negocio requer, tenham uma fabrica de notas em casa para conseguirem pagar às pessoas a tempo e horas e é só ao senhor Pedro é que as produtoras ficam a dever!)

    2- Se, como as coisas estão, e com a concorrência que vai ai entre as agências a baixarem os cachets dos figurantes, só para ganharem os concursos, e/se o senhor Pedro esta no mercado faz mais tempo, conhecendo e sabendo portanto melhor quais são as produtoras que pagam atempadamente e as que se atrasam, porque “raio” de motivo o senhor Pedro continua a trabalhar para essas produtoras que ele já sebe que não pagam, (ou se atrasam)???! O senhor Pedro ou é Burro, ou anda a gozar com a figuração! Pois se ele fosse esperto, quando tivesse pedidos dessas tais agências (que não pagam ou se atrasam) porque motivo continua a responder as solicitações deles, e não deixa então os trabalhos (ditos batatas quentes ou escaldantes que queimam quem lhe pagar!) para a concorrência (outras agências). Pelo que, mais uma vez, não posso acreditar no argumento de que são as produtoras que não pagam. Ou então o senhor Pedro é um grande Tó-TÓ!

    3- Será que ele (Sr. Pedro), ou as produtoras que supostamente não lhe pagam, mas continuam a encomendar trabalhos, querem correr o risco de num programa em directo, ocorrer uma manifestação espontânea da assistência, e que se saiba ali em directo quem é que deve o que a quem, se é a produtora ao senhor Pedro, se é o Senhor Pedro que é desorganizado e não sabe fazer contas….????

    Sem Mais.

    Ass.: (mais) Um Figurante da Figurante de Tripé que trabalha sem receber!

  • Viva,

    Confirmo que é verdade tudo o que colega, amigo o senhor Anselmo Oliveira diz, e acrescento ainda que faço parte de um grupo de pessoas, que estamos a ser enganados, e a situação que queremos denunciar é exactamente esta, como se descreve abaixo. E para tal estamos a aproveitar a notoriedade de sites como o vosso e que estejam dispostos a ajudar-nos, para evitar que todos os dias apareçam mais pessoas novas que vão e estão a ser enganadas como nos.
    Não é cooperativismo nem nada que se pareça, as pessoas que se informem! Estão a aproveitar-se da crise de desemprego, como têm muita oferta, acham que tudo é descartável, e cada dia que passa são mais pessoas novas que caem na armadilha para serem enganadas.

    A situação que eu tenho para denunciar é de três agências de figuração, em Portugal que não pagam, como segue:

    1- Na Tripé Visual: Só se pode passar o Recibo Verde depois de ter pelo menos três a seis meses de trabalho, portanto só ao fim de pelo menos 90 dias é que se pode ir lá passar o recibo Verde. Depois de ir lá passar o recibo verde, fica-se pelo menos mais um ano à espera de que ponham o dinheiro na conta. Se não for mais…, Como acontece com algumas pessoas que já estão faz quase dois a trabalhar sem receber. Mas as pessoas é que sabem, se não se importarem de trabalhar, passar fome e frio e ainda ouvir desaforos e tudo isto, de borla…!!!! É com vocês.

    2- A Unique Style: Só podes (podias) ir lá marcar o pagamento passados seis meses depois de teres feito o trabalho. Quando marcas (marcavas), dizem-te que depois te ligariam de volta a dizer o dia em que poderias ir lá passar o recibo. Há pessoas que estiveram outros seis meses à espera que lhe marcassem o dia. Mas, e no Entretanto, a Unique Syte Faliu. E ficou toda a gente a arder com os trabalhos que fez para eles. Se ainda duvidam, experimentem a passar na morada deles (Rua do Conde Redondo 139) e reparar bem nos autocolantes que estão do lado de fora,
    de um lado e do outro da entrada do prédio, e o que dizem)!!!

    3- Crowed: Vai pagando mais ou menos, há algumas pessoas que se queixam de não receber, por exemplo como teve recentemente uns anúncios com muita (mesmo muita malta) e resolveram estipular que por mês só pagam a x pessoas, estão a ver, a N malta que participou nos anúncios (mesmo muito maralhal), agora tem que estar n meses à espera até que chegue a vez deles. Aqui o problema parece não ser a falta de dinheiro, mas sim o ser muita malta, e o facto de eles terem fixado que só pagavam a n gajos por mês.

    Mas força, sigam em frente, que mão de obra barata é precisa, para por em contas bancárias abertas em nome dos pais, para comprar carros de alta cilindrada e quintas no Alentejo!!!

    Cumprimentos e obrigado pela vossa atenção e ajuda.

    Miguel (Nome fictício)

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});