RTP Televisão

ERC dá parecer favorável para destituição dos órgãos da RTP

Com fortes mudanças realizadas nos quadros internos da estação pública no que toca a informação e não só, a ERC deu parecer positivo à destituição apresentada.

Depois de inicialmente ter dado parecer negativo a esta decisão, a ERC voltou a analisar o caso, e após novos esclarecimentos por parte da estação pública a decisão foi alterada. A Entidade Reguladora para a Comunicação Social deliberou assim, no dia 09 de agosto, parecer favorável às destituições de funções de Hugo Gilberto Neves Martins Sousa do cargo de diretor-adjunto de informação de televisão da RTP e de Victor Manuel Silva Alves do cargo de subdiretor de meios e conteúdos da RTP e RDP Açores.


Leia também: Novas categorias e novidades na transmissão dos «Oscars 2019»

Depois de quatro meses de incertezas e polémicas, em julho deste ano o Conselho de Administração aprovou o novo organograma que mantém Paulo Dentinho como director, tal como a entrada de João Fernando Ramos como director-adjunto com poderes alargados sobre diversos pelouros e ainda a jornalista Rosário Lira como subdirectora responsável pela RTP3. De fora desta mudança ficaram Joana Garcia e Adília Godinho, que eram subdirectoras de Informação de televisão com poderes, respectivamente, sobre a RTP3 e o Telejornal, e ainda Ana Pitas e Alexandre Brito.

Artigos Relacionados

Siga o Quinto Canal nas redes sociais: