Geral Televisão

Carlos Rodrigues ansioso por começar a trabalhar na CM TV

Foi uma das últimas transferências televisivas. Depois de ter vestido a camisola da SIC durante vários anos, Carlos Rodrigues decidiu aceitar o convite do Correio da Manhã para integrar a equipa do novo canal de cabo do jornal da Cofina. Em declarações a este diário, o jornalista explicou que a estação de Carnaxide fez de tudo para que ficasse, mas a necessidade de dar a cara por um novo desafio falou mais alto:

Há projectos pelos quais nos apaixonamos à primeira vista, e este foi um deles. Estou ansioso por começar a trabalhar nele e sinto-me muito motivado. A administração da SIC fez tudo para que eu ficasse, mas não havia alternativa.

Carlos Rodrigues adiantou ainda que o objetivo do Correio Manhã TV é aproximar a informação do telespetador, um aspeto muito importante na atualidade: «O canal vai oferecer uma autêntica revolução em termos de mobilidade e de cobertura noticiosa, de forma a aproximar cada vez mais os telespectadores do acontecimento.»

Quanto aos objetivos deste projeto, o ex-subdiretor de informação da SIC adiantou que a liderança faz, obviamente, parte dos planos. Afinal, quando se tem uma ideia, procura-se que esta tenha a maior aceitação possível por parte do público. «O canal que nasce no seio do Correio da Manhã tem de ter vocação de liderança. E nós temos de trabalhar à altura dessa responsabilidade. Num momento de crise, a Cofina e a PT/Meo estão a dar uma verdadeira lição de serviço público, de optimismo e de determinação ao fazer um investimento deste género. E isso merece o respeito de todos nós», explicou.

Será que vai conseguiu combater o sucesso da SIC Notícias, RTP Informação ou TVI 24?

DEIXE O SEU GOSTO E PARTILHE:

Artigos Relacionados