Sexta-feira, 28 de Novembro de 2014
Quinto Canal

Só Séries: «American Horror Story: Coven»

Inês Calhias 29 de Outubro de 2013 Rubricas, Só Séries Sem Comentários

só séries

Esta é a fatídica semana de Halloween e eu não pude ficar indiferente ao tema. Contudo, para quem não me conhece ou não está muito atento às pistas que vou dando nos meus artigos, eu não sou fã de séries de terror. Abomino simplesmente qualquer produção do género, filme ou série, pois sou bastante sensível às imagens exibidas (o último filme de terror que vi foi O Exorcismo de Emily Rose e prometi a mim mesma nunca mais ver nada do género). Não obstante, gostava de vos trazer alguma série temática mas a escolha ficou difícil uma vez que o meu medo não me faz ver muitas séries do género. Podia ou falar de Pretty Little Liars, novamente, ou de Ravenswood, o seu spin-off que deixou muito a desejar mas que teve a ousadia de mostrar uma personagem ao estilo de Samara em The Ring, ou outra produção qualquer do género tendo ou não fundamento.

Resolvi porém aventurar-me na nova temporada de American Horror Story, mas unicamente por essa, pois as duas anteriores, apesar de terem boas críticas, são compostas por um leque de imagens que me recuso a ver. E como sou fã de histórias de bruxas achei por bem dar uma chance a mim própria e conhecer uma das melhores séries dos últimos tempos. E, obviamente, não fiquei desiludida.

American Horror Story

Não vou entrar em grandes comparações nem menções históricas a temporadas anteriores porque não acompanhei e seria dar um tiro no escuro. Acho interessante o elenco pertencer na sua base o mesmo e as histórias irem mudando ao longo das temporadas. Gostava de aprofundar mais estas ligações mas isso significaria ver as temporadas iniciais, o que cria em mim um misto de revolta pois quero realmente conhecer mais desta produção de excelência. A história de American Horror Story: Coven tem como centro a existência de uma “escola” de bruxas em New Orleans, para a qual estas se mudam na sua juventude a fim de controlarem os seus poderes. Uma vez que a extinção das bruxas é uma realidade cada vez mais próxima, as que ainda vivem juntam-se para se protegerem umas às outras. A par deste clã de bruxas, existe ainda um outro na mesma cidade que vai entrar em conflito com as bruxas da “escola”.

Do que vi até agora, só tenho elogios para dar. Começo pelas características técnicas, entre as quais música e imagem, que são absolutamente geniais. Todo o ambiente é pautado por uma banda sonora temática e existe uma mistura de cores que elevam imenso a fasquia da qualidade das imagens apresentadas. Os planos, o movimento da câmara, tudo é feito com um brilhantismo invulgar, tornando a experiência de visualização muito mais atrativa. Estas características técnicas são complemento da história apresentada, bem escrita e intrigante, que nos faz ficar à espera do que acontecerá de seguida.

american horror story coven

Mas a grande qualidade desta série é o seu brilhante elenco, encabeçado por Jessica Lange, Kathy Bates e Angela Bassett. A prestação destas atrizes é simplesmente soberba, os seus diálogos são algo de outro mundo e existe muita qualidade na sua performance. Emma Roberts, recém-chegada à saga, é outra atriz que está em evidente destaque e consegue centrar em si todas as atenções quando está em cena. E temos novamente o par romântico entre as personagens de Taissa Farmiga e Evan Peters, que demonstram bastante bem a química de trabalho já adquirida anteriormente.

O meu grande receio em relação a esta série era o tipo de imagens que poderiam apresentar. Até agora, não vi nada suscetível de ferir a sensibilidade dos mais assustadiços (como eu), mas claro que contém imagens de violência explícita e não tem tabus em relação às cenas de sexo. American Horror Story: Coven é, resumidamente, uma série de grande sucesso e que contempla todas as características para continuar a dar ao público um serviço de entretinimento de muito boa qualidade. Um dia talvez ganhe coragem para ver as temporadas anteriores… Um dia…

PARTILHAR

SOBRE O AUTOR

Licenciada em Ciências da Comunicação pela Escola Superior de Educação e Comunicação da Universidade do Algarve, desde cedo adquiri um enorme interesse por séries televisivas. Tento ver um pouco de tudo e apresentar aqui no Quinto Canal o que se passa no panorama televisivo.

ESCREVA UM COMENTÁRIO