Gira Discos Rubricas

Gira Discos – Os sons do passado: Gemini

Há temas musicais que nos ficam na memória através dos tempos. Os seus intérpretes, quem lhe dá a voz, acabam também por marcar uma época. É com essa premissa que arranca o novo espaço do Quinto Canal. Através dele vamos recordar os rostos e temas que marcaram ao longo dos anos o panorama musical português.

Os anos 70 foram ricos no que a músicas e grupos diz respeito e como tal é por essa década que começamos. De 1976 para a atualidade, conheça os Gemini.

Idealizado para ser a versão portuguesa dos ABBA, os Gemini optaram por seguir uma linha de música pop, contrastando com as músicas de intervenção ouvidas no pós 25 de Abril. Constituído por Tozé Brito, Mike Sergeant, Teresa Miguel e Isabel Ferrão, resultou da dissolução de um outro projeto, os Green Windows.

Apesar de terem surgido em 1976 foi no ano seguinte que iniciou a sua trajetória de sucesso, após ter marcado presença naquele que era o maior festival de música da atualidade, o Festival RTP da Canção. Mesmo sem terem ganho, 1977 foi o ano de destaque para a banda, com o sucesso do lançamento do primeiro álbum, Pensando em Ti. Foi o single com o mesmo nome que levou a banda ao sucesso, com a venda de mais de 130 mil cópias, e que lhes valeu a atribuição do primeiro disco de ouro a um projeto português.

Gemini - Mike Sergeant, Tozé Brito, Fátima Padinha e Teresa Miguel

Regressando ao Festival da Canção no ano seguinte já com Fátima Padinha no lugar de Isabel Ferrão, que teve de deixar o projeto por incompatibilidades profissionais, conseguiram a vitória com o tema Da Li Dou, representando o país na Eurovisão, realizada na Holanda. Contudo e como tem sido normal até aos dias de hoje, o grupo foi um sucesso em Portugal mas um tremendo fracasso na Eurovisão. Conseguindo apenas 5 votos, o que fez com que o grupo não fosse além da 17ª posição na tabela de classificações, alcançaram uma das posições mais baixas da altura.

Com um curto tempo de vida, os Gemini são ainda hoje recordados pelos temas lançados e que acabaram por marcar a geração de 70 e não só. Além disso foram o ‘berço’ de nomes como Tozé Brito, que foi considerado pela Billboard o compositor português do ano de 1976, de Fátima Padinha e Teresa Miguel, que prosseguiram nas Doce, e de  Mike Sergeant, que se juntou a José Cid, com o qual ainda se mantém. Já Isabel Ferrão deixou de lado a vida artística e dedicou-se à família e aos negócios, sendo hoje uma empresária de sucesso.

 A banda dissolveu-se em 1979, depois de quatro anos de sucesso.

[youtube id=”PHXR6npxDhU” width=”620″ height=”360″]

DEIXE O SEU GOSTO E PARTILHE:

Artigos Relacionados