Boa noite! Seja bem-vindo a mais um Esqueceram-se de Mim, um simultâneo Televisão-Opinião/Por Outro Olhar.

Ribatejana de nascença, Marta Fernandes ficou conhecida por participar em Chiquititas. Entre 2007 e 2008, a actriz com uma carreira marcada por participações em peças de teatro, saltou para as luzes da ribalta com a aposta da SIC. Depois do sucesso de Floribella a direcção de programas de Carnaxide quis lançar um novo projecto que rendesse milhares de euros ao nível do merchandise. No entanto, não foi isso que se verificou, nunca tendo Chiquititas alcançado o sucesso desejado. A novela destinada aos mais jovens, caracterizada pelos amores e desamores de crianças num orfanato, não vingou em horário nobre, passando a ser exibida nas manhãs de fim-de-semana.
Conclusão? Marta Fernandes e muitos outros actores ficaram conotados a um projecto que não chegou a surpreender.

Depois do mesmo, pouco ou nada se ouvir falar da profissional que entrou em Aqui não há quem Viva ou Floribella. Os convites começaram a encurtar-se, e nem mesmo o lançamento de um CD a propósito de Chiquititas abriram as portas à actriz. A única excepção foi a participação em Dança Comigo, cuja quarta edição do concurso da RTP1 lhe valei o segundo lugar.


Em 2009, a imprensa nacional informou-nos que a actriz havia engravidado de um cubano. A meio do ano seguinte nasceu o seu filho, voltando Marta Fernandes a aparecer nas diversas revistas portuguesas. Os projectos ao nível da televisão depois da gravidez, continuaram a escassear, e foram as aparições da actriz em vários eventos que não a levaram ao esquecimento. De referir igualmente que as últimas notícias que têm saído sobre ela se baseiam em participações e colaborações com algumas escolas teatro, workshops de representação com crianças, entre outros.

Confrontado com tal esquecimento, fico surpreendido. Depois de uma aposta tão grande por parte da estação de Carnmaxide, Marta Fernandes ficou associada a uma personagem que não surtiu o sucesso desejado. Porém, a verdade é que convém relembrar o papel da actriz em Aqui não há quem Viva. Foi lá que ela demonstrou o seu talento no humor, e penso que é nessa área que poderá voar mais alto.
Em 2009, participou numa série que a SIC ainda não transmitiu, produzida por Teresa Guilherme. O projecto está em gaveta, e é pena. Com ele, seria possível continuar a descobrir mais sobre esta actriz, que foi esquecida depois de tantos “flashes”.

Artigos Relacionados

Siga o Quinto Canal nas redes sociais: