Em Foco Rubricas

Em Foco: Que impacto terá a CM TV na vida do telespetador?

Em Foco

Estreia dentro de uma semana e é, talvez, o grande momento televisivo de 2013. O início de um novo canal de televisão, baseado na informação e entretenimento com a assinatura do jornal mais vendido no país, parece uma ideia de génio. Contratações de luxo, apostas interessantes e rostos bem conhecidos dos telespetadores: são estes alguns dos ingredientes principais deste novo projeto. Por outro lado, o facto de se aproveitar outros recursos da Cofina já existentes, nomeadamente os profissionais de outros títulos, levará a que este novo canal consiga ser mais abrangente do que, por exemplo, a SIC Notícias, TVI 24 ou RTP Informação.

A CM TV pretende ser um canal generalista no Cabo e tornar-se líder na televisão temática. Pelas apostas que estão a ser feitas, parece-me que o objetivo principal é aliciante mas, ao mesmo tempo, difícil. Se analisarmos a grelha deste projeto, verificamos que grande parte dos ingredientes estão presentes nos canais informativos das generalistas: informação, saúde, reportagens, análise, comentário, desporto, documentários e algum «entretenimento popular».

cm tv

A CM TV aposta na proximidade com o telespetador e com o leitor, no desenvolvimento de uma relação de confiança na qual os temas que os portugueses ficam a conhecer no jornal são desenvolvidos durante o dia no canal.  Estaremos aqui também perante uma espécie de Porto Canal? A necessidade de cada um de nós em assemelhar um projeto a outro é, por vezes, excessiva. No entanto, quando olho para este canal é aquilo que me faz lembrar.  A diferença que nos é transmitida é, a meu ver, errada. Por exemplo, o Flash Vidas não passa de uma Tertúlia Cor de Rosa misturada com o extinto La Vie en Rose do temático do Norte.

Resumindo, a televisão do Correio da Manhã não vai ser nada mais, nada menos do que uma compilação de conteúdos que já foram produzidos e explorados no nosso país. Mesmo assim, não deixo de elogiar a tentativa de se apostar em algo novo, em aliar a imprensa aos ecrãs nacionais, algo que outros grupos de comunicação também deveriam fazer. É, de facto, uma atitude de génio, uma estratégia que poderá dar frutos a médio-longo prazo.

Afinal, qual o objetivo principal da CM TV? «Em três anos temos de estar em cima dos líderes ou a liderar. A CM TV será um canal generalista, onde a informação tem sempre prevalência. Vai ser um projeto ganhador», adiantou Octávio Ribeiro, o diretor do jornal mais vendido no país.

Será que esta finalidade será alcançada?

cmtv

DEIXE O SEU GOSTO E PARTILHE:

Artigos Relacionados