Geral Televisão

Revista do Ano 2018: Um novo mundo na TELEVISÃO

Depois de viajarmos pelas Séries, o Cinema e ainda pela Música, concluímos a nossa Revista do Ano recordando os principais destaques de 2018 no mundo da Televisão.

Se por vezes existem meses em que a monotonia toma conta da caixinha mágica, há outros em que todos os dias surgem verdadeiras bombas televisivas, como foi o caso das últimas semanas de 2018. Definitivamente que a saída de Cristina Ferreira da TVI para a SIC foi a notícia que maior destaque e mediatismo gerou no mundo da televisão este ano, mas não só. Recuando ao início do ano, janeiro contou com a estreia de SuperNanny, um formato que rapidamente ficou envolto em polémica, levando mesmo a que a SIC, por decisão do tribunal, suspendesse a sua transmissão logo após 2 duas semanas no ar, a par do talk-show Juntos À Tarde, que recebeu ordem de cancelamento com menos de um ano de transmissão. Continuando ainda na SIC, Daniel Oliveira passou a ser o diretor do canal, e rapidamente as mudanças fizeram-se sentir dentro da estação.


Leia também: Revista do Ano 2018: A MÚSICA que marcou a atualidade

Além de ser o responsável por trazer Cristina Ferreira para a SIC, Daniel Oliveira não teve medo de arriscar, e mexeu em praticamente todos os horários, com novos formatos mas não só. O Alô Portugal da SIC Internacional passou a ser emitido em Portugal e em sinal aberto nas manhãs do canal, o Queridas Manhãs chegou ao fim para agora em 2019 dar lugar ao novo programa de Cristina, Júlia Pinheiro assumiu as tardes com o seu novo talk-show Júlia, o Dr. Saúde terminou para dar mais espaço à reposição de grandes sucessos brasileiros no que toca a telenovelas, apostando inicialmente em Gabriela e no próximo ano em Avenida Brasil, o Levanta-te e Ri regressou para algumas emissões especiais aos domingos e, principalmente, Casados à Primeira Vista chegou para recuperar a liderança do horário nobre aos domingos e a liderança da faixa das 19 horas, tendo atirado o Linha Aberta para uma emissão semanal às sextas-feiras depois do Primeiro Jornal. Todas estas apostas se revelaram vencedores no que toca às audiências, adivinhando-se por isso um 2019 bastante renhido neste campo.


Leia também: Revista do Ano 2018: O melhor e o pior do CINEMA

Se alguns programas chegam ao fim, outros chegam pela primeira à televisão, como foi o caso do concurso Receitas Lá de Casa, que foi emitido ao longo de todo o ano na RTP1 na hora de almoço. Pela primeira vez o nosso país realizou o Eurovision Song Contest, a maior competição de música a nível europeu, e que é acompanhado por milhões de fãs em todo o mundo. A RTP foi o canal responsável por organizar todo o festival, assim como a sua transmissão, tendo mesmo recebido largos elogios por toda a produção realizada, e que fez parar Portugal com as diversas emissões especiais realizadas e iniciativas associadas ao certame.

A TVI, além de ter tido mais um ano na liderança das audiências, com a contribuição de Ouro Verde, que ganhou o Emmy Internacional de Melhor Telenovela, contou também com uma nova edição do Secret Story na TVI, que surpreendeu com Manuel Luís Goucha na sua condução, tendo estreado em fevereiro. Love On Top foi outros dos formatos que regressou à antena da TVI, tendo contado com diversas temporadas ao longo de 2018, apesar das fortes críticas feitas pelo público. Pesadelo na Cozinha recebeu também luz verde para uma nova temporada, tendo-se revelado um sucesso, ao contrário de Dança Com As Estrelas, que por seu lado já tem perdido para a concorrência de Casados à Primeira Vista. Disposto a continuar a lutar pela liderança em 2019, e face às ameaças que a concorrente SIC apresenta para o início do novo ano, a TVI decidiu renovar por completo o seu daytime, com um novo programa às 19 horas, First Dates, e um “novo” Você Na TV!, este agora com a apresentação de Maria Cerqueira Gomes e Manuel Luís Goucha, e ainda um A Tarde É Sua, completamente renovado com nova imagem e novas rubricas.


Leia também: Revista do Ano 2018: O mundo das SÉRIES

Numa rápida viagem pelo universo do Cabo, um dos destaques televisivos aconteceu com a reformulação da estratégia do canal Globo em Portugal, com o principal canal em sinal aberto em todas as operadores, levando a que assumi-se um lugar de preferência entre o público, sendo por vezes o mais visto, e com o canal pago Globo Premium a transformar-se no canal Globo NOW. Outras das novidades aconteceu com a chegada da Eleven Sports a Portugal, conquistando os direitos de transmissão da aclamada Liga dos Campeões, que até ao momento era transmitida no Cabo pela Sport TV, o conhecido canal de desporto que este ano deixou de fazer parte da grelha de programação da operadora NOWO, outro dos destaques, desta vez pela negativa, deste ano de 2018.


Com todas as mexidas previstas para 2019, que os destaques da TELEVISÃO sejam cada vez mais e melhores, com o público a render-se novamente à magia da caixinha mágica.

DEIXE O SEU GOSTO E PARTILHE:

Artigos Relacionados